fbpx

Fertilidade Natural: Tudo que você precisa saber

Esse artigo é feito especialmente pensando nas mulheres que estão buscando a maternidade, ou querem simplesmente saber mais sobre o assunto para planos futuros. Por isso, iremos explicar detalhadamente o que é a fertilidade natural, é qual é o melhor momento para engravidar.

Fertilidade x Ovulação

Ao contrário do que muitos pensam, a fertilidade não está ligada diretamente a ovulação, e com isso, é errado quando ouvimos dizer que as relações sexuais devem começar dois dias antes e terminar dois dias depois da ovulação. A fertilidade, e as maiores chances de gravidez são atingidas quando as relações acontecem dentro do intervalo iniciado 5 dias antes da ovulação e terminado no dia em que ela ocorre. Esse período de seis dias é considerado o verdadeiro período fértil. É importante saber que a máxima fertilidade é estimada dois dias antes da ovulação.

Fertilidade do espermatozoide

Não poderíamos tratar da fertilidade da mulher, sem comentar também da fertilidade do homem, pois ambos precisam estar preparados para chegar o tão esperado momento da gravidez. Por conta disso, a informação de que as chances de gravidez são maiores quando as relações sexuais acontecem em dias alternados é muito comum, imaginando-se que ejaculações frequentes diminuiria a quantidade de espermatozoides no esperma. Entretanto, as chances de gravidez são as mesmas com relações todos os dias ou “dia sim, dia não”. O número de espermatozoides e a capacidade deles de ir em direção ao óvulo permaneceram inalterados em homens saudáveis.

As posições durante a relação sexual não interferem na fertilidade

É muito comum ao se tratar de gravidez e fertilidade que sejam criados alguns mitos em relação ao assunto. Um dos que mais ouvimos é em relação às posições durante a relação e como elas influenciaram para de fato conseguir engravidar. Entretanto, salientamos que as posições adotadas durante a relação sexual não tem qualquer relação com a eficácia que  a relação terá em gerar um bebê. Além disso, não é preciso que a mulher permaneça deitada depois da relação e nem que eleve o bumbum. Estudos apontam que os espermatozoides, uma vez depositados na vagina, podem já chegar ao útero em menos de 2 minutos e que em 15 minutos já podem estar nas trompas em busca do óvulo.

Lubrificantes x Fertilidade

Em pesquisas, realizadas em laboratório, foram constatadas efeitos negativos de certos lubrificantes no espermatozoide, porém ainda não há uma conclusão que torne isso uma verdade absoluta. Em todo caso, o melhor para quem busca engravidar é evitar qualquer tipo de lubrificante.Em casos de real necessidade, os óleos minerais, de canola e de mostarda, devem ser preferidos, pois parecem não prejudicar a função dos espermatozoides.

Não se pode prever o sexo do bebê a partir do dia da relação sexual

Outro mito muito comum em relação a gravidez é de que se possa prever o sexo do bebê antes mesmo de sua concepção. A crença popular afirma que a relação sexual mais próxima à ovulação favorece a concepção de meninos e a mais distante da ovulação, de meninas. Porém é importante expor que não há nada que confirme a relação entre o dia da relação sexual, a ovulação e o sexo da criança gerada.

Hábitos Alimentares X Fertilidade

O cuidado com nossa alimentação é um assunto muito discutido atualmente, não somente pela qualidade de vida, mas também pela saúde. Na relação desta com a fertilidade não é diferente. A alimentação saudável é essencial para aqueles que estão tentando começar uma família. Pessoas obesas, por exemplo, tem dificuldades, tanto homens quanto mulheres, em conceber uma criança. Além disso, para as mulheres, é possível que o consumo excessivo de cafeína, diminua a fertilidade. Outro ponto é que o benefício de dietas vegetarianas ou com baixo teor de gordura, suplementação de vitaminas, antioxidantes e fitoterápicos ainda não pode ser comprovado. Já para os homens, dietas ricas em carne vermelha, carne processada, derivados da soja, batatas, laticínios integrais, cafeína, chás, refrigerantes e doces podem diminuir a qualidade do sêmen. Todavia, o consumo regular de peixes e frutos do mar, aves, cereais, legumes e frutas, e laticínios com baixo teor de gordura pode melhorar os parâmetros seminais.

Álcool e Tabagismo x Fertilidade

Tanto o álcool como o tabagismo são prejudiciais para a saúde dos homens e das mulheres. Ao se tratar do tabagismo, nas mulheres, há chances diminuídas de gravidez, aumento das perdas gestacionais espontâneas e antecipação da menopausa quando comparadas a mulheres não fumantes. Já os homens observa-se prejuízo da qualidade do sêmen, pela diminuição da contagem de espermatozoides, aumento dos espermatozoides malformados e agressão ao seu DNA.

Idade x Fertilidade

Ao se tratar de idade, há uma grande diferença entre homens e mulheres. No caso dos homens, o passar dos anos interfere muito pouco ao se tratar da qualidade do espermatozoide, porém a partir dos 50 anos, pode haver certas diferenças, mas nada que, na maioria dos casos, dificulte em gerar uma gravidez. Já no caso das mulheres, a idade é um fator chave, pois estas têm uma interferência muito grande na sua fertilidade. Isso ocorre devido à diminuição da quantidade e da qualidade dos óvulos. A partir dos 35 anos, essa diminuição acelera-se e as mulheres devem estar alertas para isso. Objetivamente, casais com desejo de ter apenas um filho não deveriam adiar a gravidez além dos 32 anos de idade da mulher. Mas quando o objetivo do casal é conceber naturalmente dois ou três filhos, a mulher deve iniciar as tentativas aos 23 e aos 27 anos, respectivamente.